Siga-nos

Como Emitir a 2ª Via Do CPF Pela Internet

Éder Costa

Publicado

em

Hoje nós vamos falar sobre a 2ª via do CPF. O CPF – Cadastro de Pessoas Físicas é com certeza um dos principais documentos do cidadão brasileiro. Ele é mantido pela receita federal e qualquer pessoas pode se inscrever somente uma vez na vida.

A inscrição é composta por 11 dígitos inéditos e que não podem ser mudados de maneira nenhuma, a não ser por uma decisão judicial ou de forma administrativa.

No entanto, quando acontece algum problema com este documento é necessário emitir a 2ª Via do CPF. Sendo assim, neste artigo, você vai obter informações que vão te ajudar a saber como fazer esse procedimento de forma bem rápida e segura.

Até porque, emitir a 2ª Via do CPF pode se tornar uma necessidade a qualquer momento. E a razão pode ser por perdas, extravios ou qualquer outro problema como roubo ou furtos. Portanto, é bom se informar detalhadamente, e esse texto que vai mostrar em detalhes o procedimento correto.

Quando Foi Criado o CPF?

O CPF – Cadastro de Pessoas Físicas foi criado no dia 30 de Dezembro do ano de 1968 em decreto de lei com número 401. No entanto, seu primeiro nome foi CIC – Cartão de Identificação do Contribuinte, ele era emitido de maneira eletrônica e vinha com prazo de validade.

Dessa forma, a declaração dos rendimentos e do imposto de renda das pessoas cadastradas passou a ter um campo de inscrição como CPF – Cadastro de Pessoas Físicas. A partir do ano de 2015, o CPF passou a ser emitido junto a certidão de nascimento.

Com isso, ele passou a evitar vários problemas como por exemplo os homônimos e sua emissão também pode ser feita online.

Quando isso acontece os 11 dígitos que compõem o CPF são passados para os órgãos que imediatamente faz a emissão da certidão de nascimento.

Quais São as Situações Cadastrais Que o CPF Apresenta?

Antes de saber como emitir a 2ª Via do CPF – Cadastro de Pessoas Físicas, é necessário saber em condições ele se encontra. Ou seja, existem algumas situações que o documento além de uma nova Via, também apresenta necessidade de regularizar, como por exemplo:

1 – Situação Regular: Quando o CPF está totalmente consistente e não apresenta cadastro em omissão de DIRPF.

2 – Situação Pendente: Aqui necessita de regularizações. Isso porque consta omissão de DIRPF – Declaração de Imposto de Renda Sobre pessoa.

3 – Situação Suspensa: Significa que o CPF – Cadastro de Pessoas Físicas está em condições inconsistentes no cadastro.

4 –  Situação de cancelamento: Aqui é porque existe mais de uma inscrição no CPF. Na verdade isso é uma fraude.

5 – Situação de cancelamento por óbito: Aqui é sem espólio.

6 – Situação nula: Quando é constatada uma fraude o Cadastro de Pessoas Físicas se torna nulo.

O cidadão pode fazer o cancelamento do CPF – Cadastro de Pessoas Físicas fazendo um pedido ou então registrando um ofício. A emissão de documentos atualmente pode ser feita com os serviços online. Por exemplo, se você necessitar emitir seu RG, recomendamos a leitura do artigo: Como emitir a 2ª Via do RG – Registro Geral.

Portanto, a falta de uma entrega da DIRPF – Declaração de Imposto de Renda Sobre Pessoa, não é suficiente para cancelar o documento.

Como Emitir a 2ª Via Do CPF Pela Internet?

Existem várias maneiras de solicitar a 2ª Via do documento Cadastro de Pessoas Físicas. Para isso, preparamos um passo a passo que pode facilitar bastante sua emissão, confira:

Passo 1 – 2ª Via do CPF Para Quem Não Faz a Declaração Do Imposto De Renda

Para quem não declara o imposto de renda, a emissão da 2ª Via do CPF é muito simples. Tanto é que pela internet pode ser feito tal procedimento. Basta acessar o site oficial da receita federal e fazer o seguinte:

  • Ao acessar o site da receita federal, faça o preenchimento dos seus dados pessoais.
  • Informar os números do CPF.
  • Informar o nome completo.
  • Data de nascimento.
  • Nome da mãe.
  • Número do título de eleitor.

Depois de fazer o preenchimento dos dados pessoais de maneira correta, o passo seguinte é confirmar a solicitação e clicar em enviar. Sendo assim, na tela seguinte, o usuário já consegue visualizar o documento e então fazer sua impressão.

Ele será enviado no endereço de E-mail ou Gmail válidos e ai é só fazer a impressão e plastificação da 2ª Via do CPF.

Passo 2 – 2ª Via Do CPF Para Quem Faz a Declaração Do Imposto De Renda

Para aqueles que fazem a declaração do imposto de renda e necessitam solicitar a emissão da 2ª Via do CPF, o procedimento é o seguinte:

  • Acesse o site oficial da receita federal.
  • Solicitar o código de acesso para acessar o portal eCAC.
  • Informar o número do CPF – Cadastro de Pessoas Físicas.
  • Informar a data de nascimento.
  • Inserir os caracteres de confirmação.
  • Informar um endereço de E-mail ou Gmail válidos.
  • Clicar em “Avançar”.

Depois disso, é necessário criar uma senha pessoal de acordo com as descrições que o site da Receita Federal exigir. Sendo assim, na página de acesso do eCAC digite o número do CPF, o código que lhe da direito ao acesso e sua senha pessoal. Estando na tela inicial da página, basta clicar no Menu ” Cadastros” e depois disso clicar e, “Comprovante de Inscrição do CPF”.

O documento será enviado no endereço de E-mail ou Gmail do usuário e ele vai fazer a impressão e consequentemente a plastificação do documento.

Observação:  Em caso de reimpressão do CPF, será necessário fazer a geração de um novo código de acesso no site da Receita Federal. Essa medida é feita por questão de segurança total aos usuários, e o prazo de validade de um código de acesso é de 24 horas após sua geração.

Porque o CPF é Um Documento Obrigatório?

Todas as pessoas citadas a baixo são obrigadas a fazer uma inscrição no CPF – Cadastro de Pessoas Físicas:

1 – Pessoas que residem no Brasil e estão integradas na relação tributária principal ou de assessoria. Sejam em condição de contribuinte  ou de responsável como os representantes legais.

2 – Todos aqueles que pratica operações de imóveis em qualquer modelo no Brasil.

3 – Todas as pessoas que possuírem contas bancárias, seja de poupança ou conta corrente com investimento ou em operações que envolvem finanças e capitais no Brasil.

4 – Pessoas que fazem operações financeiras no mercado capital no Brasil, como em bolsas de valores ou de mercadorias.

5 – Todas as pessoas que possuem bens ou direitos que estão sujeitos ao registro público ou em cadastro específico, incluindo os imóveis. Por exemplo: Embarcações – Veículos – Instrumentos Financeiros – Participações em sociedades.

6 – Pessoas que fizeram o requerimento do benefício de INSS – Instituto Nacional de Seguros Sociais.

Para as pessoas maiores de 14 anos e menor de 18 anos de idade, a emissão do CPF é opcional. Portanto, deve ser feito com a companhia dos responsáveis legais.

Conclusão

A emissão da 2ª Via do CPF – Cadastro de Pessoas Físicas pela internet deve ser feita somente pelo titular do documento e por isso, é bom que ele saiba todos os números do seu CPF.

Principalmente se a solicitação for feita pela internet. Manter o CPF em condições de uso é muito importante, visto que em muitos momentos ele vai precisar apresentar seu documento, como por exemplo para emitir um passaporte ou tirar outro documento pessoal.

Sendo assim, se o seu CPF está precisando de regularização, ou até mesmo emitir a 2ª via, não perca mais tempo e siga as orientações passadas aqui neste artigo e solicite o seu.

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *